segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Representação Portuguesa em Nova York

Pois é amigos, estou aqui para vos anunciar, qua a nossa ilustração cientifica vai estar representada, na proxima edição do FOCUS on NATURE, de 28 de Abril a 31 de Dezembro de 2012, no New York State Museum.
Eu e a Lucia ficamos seleccionadas.
Concorreram 220 ilustradores com 502 ilustrações, a representar 18 paises, e destas eram escolhidas 90 ilustrações....pois é nós estamos lá....

terça-feira, 19 de julho de 2011

Rhynchophorus ferrugineus




Eis o bicharoco, causador de morte de muitas palmeiraras por este pais. (este foi mais um projacto do mestrado)

Taxonomia
Filo: Arthopoda; Classe: Insecta; Ordem: Coleoptera
Família: Curculionidae; Género: Rhynchophorus; Espécie: R. Ferrugineus



Descrição


O escaravelho vermelho, é um insecto da família de curculionids, relativamente grande, entre dois e cinco centímetros de comprimento,com pico muito alongado e visível. Os adultos são caracterizados pela sua grande visão, cor dominante cor do óxido de ferro com manchas escuras do lado dorsal do tórax, cápsula cefálica castanho-escuro brilhante equipado com mandíbulas. As larvas não têm pernas e são amarelas marfim. A fêmea adulta põe aproximadamente 200 ovos nas zonas de crescimento da coroa da palmeira, na base das folhas novas ou noutras zonas lesionadas da planta. O ovo incuba numa larva branca que pode, ocasionalmente, crescer até 15 a 17 centímetros, alimentando-se de fibras tenras e rebentos de folhas, obtidos através da escavação de túneis nos tecidos internos da árvore durante um mês. Na metamorfose a larva forma um casulo, feito com fibras secas de folhas de palma, na base da palmeira. O ciclo de vida completa-se em 7 a 10 semanas.Originário da Ásia tropical, o escaravelho vermelho passou para a África e Europa, atingindo o Mediterrâneo em 1980.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

1º Painel concluido

Eis primeiro de três painéis que estarão no Parque Dona Ana, no Seixal. Este é o Painel de interpretação do charco e da sua biodiversidade.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Carolina em stipling



repteis e anfíbios





mais protagonistas para colocar no painel do lago ou charco. O cágado é um Mauremys leprosa, a serpente é uma viperina Natrix maura, e os sapos são o bufo bufo.






(Neste momento já estou com a serpente practicamente terminada, e alguns pesadelos com escamas eh eh eh)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

anfibios da nossa terra


O trabalho já está ao rubro novamente, estes bichinhos (Bufo bufo) fazem parde de um dos 5 projectos que temos que fazer. Vai ser um charco com toda a sua biodiversidade, nas diferentes estações do ano.